Covid-19: Quais os principais cuidados com os trabalhadores na reabertura?

Covid-19: Quais os principais cuidados com os trabalhadores na reabertura?

Por Antonio Carlos Lacerda

Bares, restaurantes, salões de beleza, comércio de rua. Os setores mais afetados pelos impactos da pandemia começam a dar os primeiros passos para a retomada econômica. A reabertura desses espaços já é uma realidade em boa parte do Estado de São Paulo e cautela deve ser a palavra de ordem nesse momento.

Desde o início da quarentena, o Sinthoresp (Sindicato dos Trabalhadores de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares de São Paulo e região) vem buscando dialogar com o poder público e representantes do setor de modo a minimizar os prejuízos à categoria. Agora, com a reabertura e volta ao trabalho, é hora de nos mantermos ainda mais unidos, no sentido figurado da palavra, para reduzir os riscos de contaminação e preservar vidas. Por isso, listo alguns dos principais cuidados que funcionários devem ter com a própria saúde no ambiente de trabalho.

Equipamentos de proteção: É responsabilidade do estabelecimento fornecer máscaras, luvas, viseiras de acrílico e outros equipamentos de higiene e proteção para os colaboradores. Também é preciso garantir que esses materiais, além de uniformes, nunca sejam compartilhados, para evitar a contaminação cruzada – o mesmo vale para objetos de uso pessoal, como copos descartáveis e fones de ouvido.

Cuidados com os trabalhadores: Diariamente, todos os funcionários deverão passar por uma rápida triagem, com aferição da temperatura, aplicação de álcool em gel, entre outras medidas preventivas. O diálogo entre funcionários e empresários deve ser claro, de modo a identificar possíveis casos suspeitos e imediatamente afastar o trabalhador de suas atividades, além de realizar o teste, preservando sua saúde, de toda a equipe e do público em geral. Os trabalhadores que tiverem tido contato pessoal ou convivido no mesmo ambiente com suspeitos de Covid-19 deverão ser seriamente monitorados, mesmo que não apresentem sintomas. Em caso de surto da doença, pode-se pensar em suspender as atividades temporariamente.

Prevenção no deslocamento para o trabalho: Sabe-se que os trabalhadores não estão expostos aos riscos de contaminação somente no ambiente de trabalho, mas também no seu deslocamento, especialmente para aqueles que utilizam transporte coletivo. Por isso, algumas orientações são fundamentais, como não realizar o trajeto de uniforme, trocar a máscara utilizada na viagem, além de lavar e trocar os uniformes diariamente e levá-los ao local de trabalho em um saco plástico ou outra proteção adequada, fornecida pelo estabelecimento.

Horários de funcionamento: São Paulo registra relativa estabilidade no número de mortes por Covid-19. Porém, é fundamental nesse primeiro momento de reabertura que os estabelecimentos cumpram o limite de horário estabelecido pelas prefeituras. Além disso, com a redução do expediente, deverão ser organizados escalas, evitando a concentração de colaboradores e também permitindo que aqueles que não tenham com quem deixar filhos ou outros dependentes possam encontrar uma solução harmoniosa.

Por fim, para que consigamos ter um processo de reabertura adequado e seguro, é preciso que todos se sintam responsáveis uns pelos outros. Ao cuidar da própria saúde, minimiza-se o risco de contaminação do próximo. Todos devem seguir as recomendações dos órgãos de saúde e acompanhar o que está sendo discutido sobre o tema em todo o mundo, como novas possibilidades de prevenção. Como sempre acreditamos, a união faz a força e somente assim poderemos vencer o Covid-19.

Antonio Carlos Lacerda é gerente jurídico do Sinthoresp (Sindicato dos Trabalhadores de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares de São Paulo e região).

Trabalhou Tem Direito | www.trabalhoutemdireito.com.br

A campanha Trabalhou Tem Direito é resultado de um acordo judicial firmado entre o Sinthoresp e a Arcos Dourados, operadora do McDonald’s, que beneficiou cerca de 7 mil ex-funcionários da rede de fast-food o pagamento do PPR (Programa de Participação nos Resultados) proporcional ao período trabalhado. Mais de 3,5 mil trabalhadores já foram localizados e receberam o PPR, que pode variar de R$ 50 a R$ 1,8 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Tudo sobre a economia do país

Na hora de abastecer, qual o combustível mais econômico?

Na hora de abastecer, qual o combustível mais econômico?   Na hora de abastecer um carro flex, a dúvida sobre qual combustível colocar em seu tanque é bastante grande. Existe...

Como evitar uma bolha de inadimplência no mercado?

Como evitar uma bolha de inadimplência no mercado? Por Mário Conforti Seis em cada dez brasileiros deixaram de pagar alguma conta no mês de maio por causa da pandemia. Entre...

Banco Central aperta cerco contra lavagem de dinheiro e ocultação de bens

Banco Central aperta cerco contra lavagem de dinheiro e ocultação de bens O TreeCompliance permite a implementação imediata de qualquer política de conformidade Por Odilon Costa A partir de 1º...

Quase 2 milhões de empresas devem migrar de regime com a nova Reforma Tributária

A proposta que o Governo Federal enviou ao Congresso Nacional – e que tende a ser aprovada em breve – deve fazer com que cerca de 50% das empresas hoje...

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com