A transformação do mercado de varejo em conjunto com o mercado de tecnologia

A transformação do mercado de varejo em conjunto com o mercado de tecnologia

As consequências da expansão digital são variadas, e o impacto em setores específicos do universo varejista reflete a importância de se aprofundar no tema

*Por Rafael Rodrigues

 

É quase unanimidade que o avanço tecnológico tem ditado a forma como conduzimos nosso cotidiano. No âmbito empresarial não poderia ser diferente. Organizações de diversos segmentos possuem a necessidade de implementar preceitos básicos da Transformação Digital, e no meio do varejo, essa questão tem demonstrado cada vez mais urgência. Nesse sentido, é praticamente impossível discutir o futuro do varejo nacional sem considerar a tecnologia como fator preponderante.

Em termos de produtividade, soluções automatizadas surgem como válvulas capazes de simplificar processos e otimizar modelos de gestão. A relação com os clientes também ocupa um espaço de clara mudança de abordagem, ferramentas de aproximação e interatividade elevaram o nível de exigência do público consumidor. Esses são alguns dos exemplos que simbolizam uma nova mentalidade de mercado, produção e transmissão de conteúdo. Não basta oferecer um ótimo produto ou serviço, trata-se de ir além. E a adoção de medidas inovadoras conversa diretamente com essa noção de adaptação à era tecnológica.

 

O varejo segundo a internet

 Um produto ou serviço de qualidade. Em outros tempos, possuir um desses aditivos poderia ser o maior fio condutor para o sucesso de um negócio. Isso tem evoluído com o passar dos anos e, ultimamente, o consumidor passou a demonstrar uma conduta muito mais dinâmica e complexa. As redes sociais impulsionaram o acesso à informação sobre marcas e empresas, lançando ao usuário uma quantidade absurda de materiais promocionais e propagandas dos mais diferentes formatos, todos os dias e em todas as plataformas.

Mais do que a renovação publicitária e adequação aos novos veículos de comunicação, a reinvenção é profunda e precisa habitar o vocabulário dos que comandam o negócio, dessa forma, departamentos e colaboradores poderão aproveitar de um espaço propício ao crescimento através do componente facilitador que a tecnologia representa.

 

Foco na experiência do cliente

 Como se destacar entre milhares de anúncios e propostas de comércio? A realidade tecnológica favorece a criatividade do setor varejista. Dados levantados recentemente pela pesquisa “High Tech Retail” indicaram que cerca de 80% dos consumidores enxergam a presença da tecnologia como um diferencial na hora de realizar uma compra.

Customer Experience. Esse é um termo utilizado com frequência por quem busca transformar a jornada de fidelização dos consumidores. Ter a sensibilidade de reconhecer que mesmo com uma persona previamente estabelecida, ainda é necessário considerar as particularidades e os anseios dos que procuram soluções e um atendimento diferenciado. Cada etapa é uma oportunidade de angariar a atenção de um cliente em potencial.

Soluções tecnológicas estão em constante aprimoramento, e gradualmente, provocam benefícios indispensáveis par ao mercado de varejo.

 

Gestão flexibilizada e processos otimizados

 A implementação de ERPs (Sistemas de gestão empresarial) e ferramentas de BI (Business Intelligence) são dois dos maiores referenciais nessa correlação entre varejo e tecnologia. O primeiro, como método de gerenciamento automatizado, favorece à criação de uma cultura organizacional sólida e eficaz, reduzindo custos e maximizando a obtenção de resultados. A solução de BI, por sua vez, utiliza de insumos obtidos através da análise de dados para proporcionar um modelo de negócio assertivo, em plena harmonia com o que se espera do cenário fiscal.

Desmistificar o papel da tecnologia em relação ao futuro do varejo é um objetivo que deveria ser compartilhado pelos principais agentes do segmento. Por exemplo, uma projeção recente encomendada pela Microsoft colocou a Inteligência Artificial (IA) como estímulo para a criação de 26 milhões de novos empregos no Brasil até 2030. E uma das áreas mais impactadas foi a do comércio varejista, com um aumento de 44%.

O que essas soluções têm em comum? Todas funcionam como propulsores para o que ainda permanece como o fator mais importante desse processo: as pessoas. Equilibrar e valorizar os componentes de um negócio inovador é o primeiro passo para extrair o que há de mais vantajoso desse fenômeno digital.

E você? Sente que seu varejo está em plena sintonia com os benefícios tecnológicos?

 

*Rafael Rodrigues é Country Manager da CECOP Brasil, maior comunidade de óticas independentes do mundo, graduado em Publicidade e Propaganda pela FAAP, com especialização em Economia pela FIA e MBA em Gestão de Negócios e Inovação pela BI International.

 

Sobre a CECOP

A CECOP é a maior comunidade de óticas independentes do mundo, com 4.500 lojas associadas e a visão de ser um dos agentes transformadores do modelo tradicional do varejo no setor. Com sede na Espanha e 20 anos de existência, a empresa está presente em 9 países: Brasil, Espanha, Portugal, Itália, Inglaterra, Irlanda, Colômbia, México e Estados Unidos. No Brasil, a CECOP possui mais de 1.200 óticas integradas que, juntas, vendem ao consumidor aproximadamente R$ 1 bilhão por ano. Através de um formato inovador no conceito de comunidades e economia compartilhada, o modelo da empresa tem como objetivo entregar ferramentas e soluções que tornem o empresário cada vez mais competitivo, sustentável e lucrativo, ao mesmo tempo que respeita a liberdade e independência que um empreendedor possui sobre seu próprio negócio. Para obter mais informações, viste www.cecop.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Tudo sobre a economia do país

Na hora de abastecer, qual o combustível mais econômico?

Na hora de abastecer, qual o combustível mais econômico?   Na hora de abastecer um carro flex, a dúvida sobre qual combustível colocar em seu tanque é bastante grande. Existe...

Como evitar uma bolha de inadimplência no mercado?

Como evitar uma bolha de inadimplência no mercado? Por Mário Conforti Seis em cada dez brasileiros deixaram de pagar alguma conta no mês de maio por causa da pandemia. Entre...

Banco Central aperta cerco contra lavagem de dinheiro e ocultação de bens

Banco Central aperta cerco contra lavagem de dinheiro e ocultação de bens O TreeCompliance permite a implementação imediata de qualquer política de conformidade Por Odilon Costa A partir de 1º...

Quase 2 milhões de empresas devem migrar de regime com a nova Reforma Tributária

A proposta que o Governo Federal enviou ao Congresso Nacional – e que tende a ser aprovada em breve – deve fazer com que cerca de 50% das empresas hoje...

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com