Startup paranaense alia aumento de produtividade, economia e sustentabilidade no agronegócio

Startup paranaense alia aumento de produtividade, economia e sustentabilidade no agronegócio

NetWord Agro, de Palotina, faz automação de manejo integrado de solos por meio de tecnologia de georreferenciamento

Monitorar, planejar e controlar. A tríade faz parte do dia a dia do produtor rural que, ao buscar aumentar a produtividade dos talhões, precisa monitorar as terras, planejar atividades e insumos e controlar investimentos e retornos. Não por acaso, essas três palavras também fazem parte da base de funcionamento de uma startup de Palotina, oeste do Paraná, que procura oferecer também outros elementos: economia, sustentabilidade e aumento da produtividade.

Baseada em tecnologias de georreferenciamento, a NetWord Agro monitora solos gerando mapas nutricionais que indicam as necessidades de aplicação, ou não, de fertilizantes em taxas variáveis, indicando também os agentes causadores de danos nas lavouras muito antes deles provocarem prejuízos à produção.

“Por meio das tecnologias que utilizamos, o agricultor consegue visualizar todo o solo da sua propriedade, visualizando as carências nutricionais de pequenos talhões e, também, antecipar quais pontos poderão ser atingidos por pragas, doenças e daninhas. Com isso, ele consegue reduzir custos, aumentar a produtividade e rentabilidade e reduzir o impacto ambiental, visto que vai utilizar os defensivos agrícolas de forma a atingir as áreas-alvo e não a propriedade inteira”, explica Marcos Ferronato, CEO e fundador da NetWord Agro.

Com a tecnologia a startup já acumula vários títulos na bagagem. Com entrada oficial no mercado em 2017, foi finalista do prêmio Inovativa Brasil 2018; vencedora do prêmio do AIT Swiss 2019; vencedora do SDG Awards 2019; finalista do AMCHAM Arena 2019 e possui título no SDG Super Heroes 2020.

A partir destes reconhecimentos e da automação do manejo integrado de solos e lavouras (pragas, doenças e plantas daninhas), para utilização em agricultura de precisão, o que gera redução de custos e aumento de rentabilidade, a startup se tornou uma “gigante” do agronegócio digital e já possui contratos com empresas como Biosev, Corteva e Cargill, com expansão em diversos estados do Brasil e no Paraguai.

A tecnologia, no entanto, também beneficia pequenos produtores rurais. No período da safra verão de soja 2019/2020, várias propriedades foram acompanhadas com método padronizado a fim de garantir rigor científico e confiabilidade nos dados.

Em Guaíra, cidade que faz divisa com o Mato Grosso do Sul e é fronteira com o Paraguai, um produtor teve cerca de 49 hectares monitorados pela NetWord Agro. No espaço, a produtividade padrão era de 55,74 sacas de soja/ha. Com o manejo do solo feito a partir das soluções e tecnologias da startup, houve um aumento de 19% de produtividade, representando mais 10,67 sacas por hectare. Além disso, os investimentos com defensivo agrícola também diminuíram: depois do trabalho desenvolvido pela startup, houve redução de 29% nos custos com herbicidas e de 44% em relação aos inseticidas, poupando mais de R$24 mil ao produtor.

Tradição e inovação

Em Palotina, região oeste do Paraná, a NetWord Agro nasceu em 2013, em um momento decisivo para Carlos Ferronato: ele queria seguir os passos do pai, que sempre esteve ligado à agricultura, mas desejava unir tecnologia e inovação ao negócio.

“Meu pai foi pequeno agricultor e pude vivenciar na prática as técnicas de manejo na agricultura e, com isso, todas as dificuldades ligadas aos custos e impactos ambientais. Considerando a constante expansão do mercado agro na região e a necessidade dele no mundo todo, a opção por continuar no agronegócio foi natural”, relembra.

No primeiro passo, foram feitos levantamentos e pesquisas de quais players de inovação agro estavam no mercado e quais soluções eles ofereciam. Depois, era hora de validar com os clientes destes players a percepção de valor que eles tinham e identificação de novas necessidades. Com as pesquisas feitas, Ferronato formatou a NetWord Agro para atender mais clientes e, ao mesmo tempo, oferecer inovações que suprissem as necessidades de quem trabalha todos os dias no universo agro.

“Nessas fases iniciais de pesquisa e levantamento, recebemos fomento para desenvolvimento da nossa tecnologia no edital Sebrae de Inovação. Depois, fomos selecionados para o Programa Inovativa Brasil, que gerou grande visibilidade para a nossa solução. Por isso, consideramos que o Sebrae/PR foi um importante parceiro que nos acompanha desde o início. Pretendemos, ainda, caminhar juntos por muito tempo”, comenta Marcos.

Para o consultor do Sebrae/PR, Osvaldo Brotto, a evolução da startup foi grande e a solução desenvolvida por eles pode fazer a diferença na forma de fazer o agronegócio no País.

“Não podemos negar que a NetWord Agro trouxe ao mercado uma solução inovadora e que realmente faz a diferença na vida dos produtores rurais. Aliar sustentabilidade, economia, produtividade e rentabilidade é um desafio, mas eles conseguiram não só transpor essa barreira, como também já começam a ganhar o mundo com a tecnologia”, finaliza Osvaldo.

Nos próximos meses, a empresa que começou a parceria com o Sebrae/PR por meio do programa StartupPR, ofertará serviços aos pequenos produtores rurais pelos editais do Sebraetec. No site http://www.networdagroaplicacao.com.br/#/ é possível ter acesso ao demonstrativo prático da solução oferecida pela NetWord Agro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Tudo sobre a economia do país

Na hora de abastecer, qual o combustível mais econômico?

Na hora de abastecer, qual o combustível mais econômico?   Na hora de abastecer um carro flex, a dúvida sobre qual combustível colocar em seu tanque é bastante grande. Existe...

Como evitar uma bolha de inadimplência no mercado?

Como evitar uma bolha de inadimplência no mercado? Por Mário Conforti Seis em cada dez brasileiros deixaram de pagar alguma conta no mês de maio por causa da pandemia. Entre...

Banco Central aperta cerco contra lavagem de dinheiro e ocultação de bens

Banco Central aperta cerco contra lavagem de dinheiro e ocultação de bens O TreeCompliance permite a implementação imediata de qualquer política de conformidade Por Odilon Costa A partir de 1º...

Quase 2 milhões de empresas devem migrar de regime com a nova Reforma Tributária

A proposta que o Governo Federal enviou ao Congresso Nacional – e que tende a ser aprovada em breve – deve fazer com que cerca de 50% das empresas hoje...

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com