Quando a crise faz o empreendedor

Conheça a história da empreendedora Marcela, que encontrou na crise uma maneira de investir em seu próprio negócio

O senso comum nos faz crer que na crise precisamos ter cautela em relação aos nossos investimentos e nem pensar em empreender. Porém é neste momento que podem surgir as melhores oportunidades neste sentido… como aconteceu com a carioca Marcela, que trocou a função de gerente pela de empreendedora graças a estes “maus tempos”.

Marcela Leida Ladijanski era gerente de projetos há 8 anos em uma empresa terceirizada da Petrobras no Rio de Janeiro. Formada em Arquitetura e Urbanismo, ela tinha muita experiência na função, que demandava projetos complexos de análise e viabilidade econômica e técnica na implantação de plataformas de petróleo no pré sal.

Em 2017, com a crise e todas as questões políticas que envolveram a Petrobras, todos os colaboradores terceirizados começaram a ser demitidos. Marcela estava entre os que se foram na última leva e o que pra muitos poderia ser um grande problema, ela enxergou como oportunidade: havia chego seu momento.

“Eu até poderia ter voltado para a Petrobras, porque depois de algum tempo, eles começaram a chamar as pessoas novamente, mas eu já tinha vontade [de empreender] há um tempo e queria aproveitar para mudar minha vida e começar um negócio”, declara a empreendedora, confiante.

Marcela prossegue dizendo que a partir de então começou a buscar por algo que “realmente a tocasse”, quando encontrou o Método SUPERA em uma busca no Facebook.

Neste dia, ela colocou em prática uma das habilidades que exercitou muito enquanto gerente de projetos: fazer análises. Marcela conta que passou a noite toda procurando a respeito e se encantou com a metodologia criada pelo brasileiro Antônio Carlos Perpétuo.

“Eu não sabia que isso existia… um curso tão abrangente para cuidar do que temos de mais importante que é o nosso cérebro! Concluí minha análise e decidi que o SUPERA faria parte da minha vida”, diz.

A empreendedora então partiu para São José dos Campos, cidade sede franqueadora, onde fechou negócio e mudou de vida para sempre, abrindo uma franquia SUPERA na Barra, no Rio de Janeiro.

“Empreender é muito bom. Hoje tenho a sensação gratificante de que todos os meus resultados advêm dos meus esforços, meus horários são flexíveis e meu trabalho tem uma missão muito nobre: transformar vidas”, conta Marcela.

Franquias representam investimento seguro

Assim como a história de Marcela, existem milhares de outras pelo Brasil. Segundo o Sebrae, 11,1 milhões de empresas foram criadas por necessidade nos últimos 3,5 anos.

Neste cenário, as franquias representam uma excelente opção de negócio por oferecer know how e suporte que podem levar ao sucesso mesmo quem sempre trabalhou para outra empresa.

“Na Franquia SUPERA, por exemplo, o franqueado recebe orientação desde o momento em que entra para a rede. Ele recebe atendimento sobre como escolher o ponto comercial, qual seria a melhor região da cidade para implantar a franquia… E na operação, este suporte continua em todas as áreas: comunicação, marketing, comercial, pedagógico, financeiro e operacional”, explica Victor Rocha, Diretor de Expansão da Franquia SUPERA.

Além disso, outra grande vantagem é poder contar com uma rede de outros empreendedores que muitas vezes passam pelos mesmos desafios e podem compartilhar experiências a fim de alcançar objetivos.

Raio-X Franquia SUPERA

Unidades próprias: 1

Unidades franqueadas: 400

Modelos de negócio: Franquia padrão e microfranquia

Investimento total: R$ 119 mil a R$ 149 mil (microfranquia) / R$ 179 mil a R$ 229 mil (franquia padrão)

Retorno do investimento: 18 a 24 meses

Suporte: Treinamento inicial presencial de duas semanas + suporte contínuo para todos os setores + aprimoramentos presenciais e online

Para saber mais, acesse www.franquiaeducacional.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Tudo sobre a economia do país

No 31º aniversário da Constituição Federal, Brasil coleciona mais de 790 mil normas vigentes

No 31º aniversário da Constituição Federal, Brasil coleciona mais de 790 mil normas vigentes Estudo do IBPT revela que foram editadas mais de 6 milhões de normas durante a vigência...

Até setembro de 2019, foram abertas cerca de 8,5 mil empresas por dia no Brasil

Até setembro de 2019, foram abertas cerca de 8,5 mil empresas por dia no Brasil Dados do Empresômetro revelam que empreendedorismo continua crescendo no país Outubro de 2019 – Ser empresário...

Advogado analisa acertos e pontos críticos da Lei da Liberdade Econômica

Para Fernando Forte, advogado do escritório Tardioli Lima, principal objetivo da lei é desburocratizar as atividades econômicas – mas alguns pontos ainda merecem atenção   São Paulo, 8 de outubro...

CNAE errada pode causar dores de cabeça para sua empresa

CNAE errada pode causar dores de cabeça para sua empresa Enquadramento indevido pode gerar transtornos como problemas com a tributação e impedir a participação em processos de licitação foto para...

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com