FGTS pode ser utilizado para quitar dívidas protestadas

Aproveitar o saque para negociar os débitos também é uma forma de movimentar a economia do país

Com a liberação dos primeiros saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS, a partir de 13 de setembro, o Governo Federal prevê injetar no mercado, aproximadamente, R$42 bilhões até 2020. Um dos destinos possíveis para o emprego desse recurso, por parte das pessoas que optaram pelo uso benefício, é o pagamento de dívidas protestadas. “Com a proximidade de datas de grande movimentação no comércio, como Black Friday e Natal, quem está com impedimentos e restrições financeiras em função de protesto extrajudicial, em geral, procura negociar e quitar os débitos, para poder aproveitar as promoções e condições diferenciadas trazidas nesse período. Logo, esse recurso vindo do FGTS será uma oportunidade para essas pessoas”, destaca Eversio Donizete, presidente do Instituto de Protesto – MG.

Eversio explica que quem tem uma dívida protestada em cartório não consegue comprar, financiar e ainda fica com ressalvas em agências bancárias para retirada de talões de cheque, de cartões, entre outros. “Além dessas restrições, o protesto não prescreve. Ele perde a validade apenas depois que a dívida for paga”, complementa.

Pela regra de retirada do fundo, cada cidadão poderá realizar saques de até R$500 em cada conta que possuir, ativas ou inativas. “Se uma pessoa tem três contas, ela poderá retirar aproximadamente R$1.500, um valor considerável para quem está devendo, pois é um adicional que poderá contribuir muito para os planos futuros”, comenta.

O presidente do Instituto acrescenta que ao negociar um débito protestado e, consequentemente, resolver a situação financeira, a pessoa, automaticamente, também contribui para movimentar a economia.

Consulta

Para saber se há protesto em aberto basta acessar o site do Instituto de Protesto – MG www.protestomg.com.br e fazer uma busca gratuitamente. A ferramenta possui as orientações necessárias para a quitação de débitos e a busca abrange todo o país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Tudo sobre a economia do país

Na hora de abastecer, qual o combustível mais econômico?

Na hora de abastecer, qual o combustível mais econômico?   Na hora de abastecer um carro flex, a dúvida sobre qual combustível colocar em seu tanque é bastante grande. Existe...

Como evitar uma bolha de inadimplência no mercado?

Como evitar uma bolha de inadimplência no mercado? Por Mário Conforti Seis em cada dez brasileiros deixaram de pagar alguma conta no mês de maio por causa da pandemia. Entre...

Banco Central aperta cerco contra lavagem de dinheiro e ocultação de bens

Banco Central aperta cerco contra lavagem de dinheiro e ocultação de bens O TreeCompliance permite a implementação imediata de qualquer política de conformidade Por Odilon Costa A partir de 1º...

Quase 2 milhões de empresas devem migrar de regime com a nova Reforma Tributária

A proposta que o Governo Federal enviou ao Congresso Nacional – e que tende a ser aprovada em breve – deve fazer com que cerca de 50% das empresas hoje...

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com