Especialista tira todas as dúvidas sobre como participar de leilões de imóveis online

Ao contrário do que muitos pensam, o leilão online funciona basicamente como os leilões presenciais. O que muda é a sua realização, que acontece por meio da internet. Dessa forma, os usuários podem dar lances a partir de um valor mínimo definido pelo edital, e assim, quem oferecer a maior quantia arremata o bem leiloado.
No entanto, há algumas regras básicas para esse processo. Para tirar todas as suas dúvidas,  o leiloeiro oficial da Sato LeilõesAntonio Sato, mostra como participar. Acompanhe:
Procedimentos

Segundo Antonio Sato, há alguns procedimentos que devem ser seguidos para participar de um leilão online: “faça um cadastro e habilite-se para o leilão de seu interesse. A habilitação no leilão é muito importante, pois só assim é possível enviar o lance e participar”.

Pronto! Com o cadastro e habilitação aprovados, você já pode participar de um leilão online.
Leia o Edital atentamente
Cada lote tem suas especificidades, e todas as informações importantes devem ser disponibilizadas. No caso de um imóvel, por exemplo, dados como o nome do proprietário, condições de pagamento, etc. Devem constar no documento de forma clara: “No edital você também poderá verificar a data e o horário em que ocorrerá o leilão. Normalmente, uma espécie de auditório virtual é aberto um tempo antes, o que possibilita a realização de lances antecipados”.
Vantagens do Leilão Online
Os leilões online oferecem uma série de vantagens. Além dos preços mais acessíveis (se comparados aos do comércio tradicional), é possível fazer lances à distância, necessitando apenas de um computador, ou mesmo um smartphone ou tablet. Isto sem falar na grande variedade de lotes disponíveis, aumentando as chances de você encontrar o que deseja, de acordo com as suas expectativas e necessidades.

Entenda o funcionamento do pós-venda

Não pense que o processo termina quando você arremata o bem. Afinal, é preciso acertar o pagamento e providenciar a documentação obrigatória. Com o fim do leilão, o escritório do leiloeiro entra em contato com o arrematante para auxiliar nos trâmites do comprador com o vendedor (comitente).

É fundamental ficar atento aos prazos e formas de pagamento contidos no edital para seguir as regras corretamente e, por fim, prosseguir com a retirada do bem.
Confira mais Dicas com o Leiloeiro Antonio Sato no blog da Sato Leilões (https://blog.satoleiloes.com.br/)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Tudo sobre a economia do país

No 31º aniversário da Constituição Federal, Brasil coleciona mais de 790 mil normas vigentes

No 31º aniversário da Constituição Federal, Brasil coleciona mais de 790 mil normas vigentes Estudo do IBPT revela que foram editadas mais de 6 milhões de normas durante a vigência...

Até setembro de 2019, foram abertas cerca de 8,5 mil empresas por dia no Brasil

Até setembro de 2019, foram abertas cerca de 8,5 mil empresas por dia no Brasil Dados do Empresômetro revelam que empreendedorismo continua crescendo no país Outubro de 2019 – Ser empresário...

Advogado analisa acertos e pontos críticos da Lei da Liberdade Econômica

Para Fernando Forte, advogado do escritório Tardioli Lima, principal objetivo da lei é desburocratizar as atividades econômicas – mas alguns pontos ainda merecem atenção   São Paulo, 8 de outubro...

CNAE errada pode causar dores de cabeça para sua empresa

CNAE errada pode causar dores de cabeça para sua empresa Enquadramento indevido pode gerar transtornos como problemas com a tributação e impedir a participação em processos de licitação foto para...

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com