Lançamento do POIDS revoluciona o mercado de tecnologia em segurança

Ferramenta da VIVI promete acabar com as fraudes e o chargeback
 

Um dos maiores problemas e desafios para os proprietários de lojas online, adquirentes e emissores de cartão, são as altas taxas de chargeback (estorno). Este tipo de prática é responsável pelo fechamento de muitas lojas no Brasil e coloca o país na segunda colocação no ranking mundial de fraudes com cartão de crédito.Em estudo realizado pela Ingenico (Líder mundial em pagamento integrado), em 2016, foram analisadas as transações online feitas durante todo o ano de 2015. Os dois países que apresentaram o maior índice de chargeback foram o Brasil e México. As taxas de estorno no Brasil ficaram na casa dos 3,55%, ou seja, a cada 100 transações processadas por comerciantes, quase quatro são fraudulentas.

Pensando nisso, a VIVITECH – Empresa do Grupo VIVI Holdings – desenvolveu o POIDS (Prove Online Identification System), solução de identificação pessoal, que pode ser utilizada para minimizar os estragos feitos pelo grande vilão (chargeback) em operações financeiras e e-commerce. “Mas não é só isso, ele também é uma tecnologia, que pode ser usada por exemplo no DETRAN, ENEM ou outras situações nas quais é  fundamental verificar a identidade das pessoas”, explica Carlos Chagas, presidente da VIVITECH, companhia que desenvolve tecnologia para bancos, adquirentes, varejistas e indústria.

O sistema realiza a identificação em cinco etapas: reconhecimento facial, voz, movimento labial, repetição de frases escolhidas pelo sistema de forma aleatória e geolocalização, que somadas tornam o produto praticamente inviolável e a prova de fraudes.

Toda a segurança do envio de informações é garantida por uma estrutura de blockchain privada, e é compatível com as plataformas Android, IOS e Windows e pode ser ultilizado para reconhecimento tanto em computadores pessoais com em smartphones. Os resultados e benefícios são imensos. Para o consumidor a vantagem de se comprar em um ambiente online como se estivesse em uma loja física; para o varejo um aumento de receita através da redução no número de estornos, e para os bancos/cartões de crédito, uma forma segura para lidar com o problema, reduzindo drasticamente os custos com antifraude.

A VIVITECH, empresa focada em soluções tecnológicas para sistemas financeiros que atende empresas como Itaú, Via Varejo, Riachuelo, VR, Alstom entre outras, pertencente a VIVI Holdings, multinacional americana com mais de 15 anos de mercado, que atua nos Estados Unidos, Brasil e México. Já para o mercado financeiro, a comercialização é feita pela VIVIPAY, fintech do grupo que atende clientes como Rede Fácil, Corinthians, operadoras de telefônia entre outros.

“Somos um ecossistema de soluções financeiras com diversos produtos como: wallet, cartão pré-pago, micro empréstimos, meios de pagamento, POS virtual e físico, adquirentes e subadquirentes e mistura de cartões”, explica Scabia. “Isto nos dá enorme flexibilidade dentro do universo financeiro brasileiro. É como se juntássemos 5 ou 6 fintechs em uma só”, reforça o Marco Scabia, presidente da VIVIPAY.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Tudo sobre a economia do país

Confiança ainda é a palavra de ordem para a Construção Civil

Confiança ainda é a palavra de ordem para a Construção Civil Dados do Empresômetro revelam que taxa de abertura de empresas do setor segue maior que a média anual Agosto...

Saiba como é possível comprar pagando menos impostos

Saiba como é possível comprar pagando menos impostos Por meio do aplicativo Citizen, do IBPT, consumidor tem acesso à sua inflação pessoal e perfil de consumo, além de saber quanto...

A importância da estruturação de negócios e planejamento estratégico para startups

Por Ricardo Frazzato * Pesquisar o mercado, planejar as ações, organizar e estruturar são ações básicas para qualquer empresa crescer. E o mercado das startups não é exceção, muito pelo...

Cinco dicas para fidelizar clientes no salão de beleza

Numa época em que as pessoas se preocupam mais com a estética, a abertura de um salão de beleza pode ser um bom investimento, mas exige atenção. Voltado principalmente ao...

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com