Vagas temporárias podem crescer 3% até o Natal

Pesquisa da FCDLESP mostra que ao menos 40% dos lojistas devem contratar funcionários temporários até dezembro

O fim do ano já chegou e a busca por vagas temporárias como uma oportunidade de recolocação ou como chance de ter uma primeira experiência no currículo, movimenta alguns setores da economia, especialmente, o varejo.

Segundo uma pesquisa realizada pela FCDLESP (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo) cerca de 40% dos varejistas esperam ter um aumento de 3% no quadro de funcionários. “O Natal representa 80% das contratações de fim de ano, seguidos por Black Friday e Dia das Crianças, que são datas próximas. É mais evidente a necessidade destas contratações por causa das festas, que são as datas mais importantes para o varejo com relação às vendas”, explica o presidente da entidade, Maurício Stainoff.

Outra pesquisa que aponta otimismo e da Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Assertem) e da Caixa Econômica Federal, que mostram que até dezembro devem ser abertas 434,4 mil vagas temporárias no mercado.

Os setores que mais devem contratar, segundo a FCDLESP, são comércio de vestuários, calçados e cosméticos.

Litoral

A CDL de Santos espera um aumento otimista para as vagas temporárias na região. De acordo com o presidente, Camilo Rey, a baixada santista terá um crescimento 5% no quadro de funcionários.

Acredita-se que cerca 1000 vagas de emprego serão abertas na região até o fim do ano, para atender, especialmente, as demandas das compras de Natal.

A CDL do Guarujá mantém a mesma expectativa. Para o presidente da entidade, Orlando João de Souza Jr., a maioria das vagas deve ser preenchidas por quem busca uma primeira oportunidade de emprego ou uma recolocação no mercado.

ABC PAULISTA

No ABC Paulista, a CDL de Diadema espera um aumento de 5% de novas contratações, mostrando um crescimento de 3% em comparação ao ano passado. O presidente da CDL de Diadema, José Manuel Vieira Mendonça, acredita que os principais aumentos serão nos setores de cosméticos e vestuários.

Para São Bernardo do Campo, estima-se um aumento de 3% de colaboradores contratados, mantendo- se, assim, igual em comparação ao no passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Tudo sobre a economia do país

Na hora de abastecer, qual o combustível mais econômico?

Na hora de abastecer, qual o combustível mais econômico?   Na hora de abastecer um carro flex, a dúvida sobre qual combustível colocar em seu tanque é bastante grande. Existe...

Como evitar uma bolha de inadimplência no mercado?

Como evitar uma bolha de inadimplência no mercado? Por Mário Conforti Seis em cada dez brasileiros deixaram de pagar alguma conta no mês de maio por causa da pandemia. Entre...

Banco Central aperta cerco contra lavagem de dinheiro e ocultação de bens

Banco Central aperta cerco contra lavagem de dinheiro e ocultação de bens O TreeCompliance permite a implementação imediata de qualquer política de conformidade Por Odilon Costa A partir de 1º...

Quase 2 milhões de empresas devem migrar de regime com a nova Reforma Tributária

A proposta que o Governo Federal enviou ao Congresso Nacional – e que tende a ser aprovada em breve – deve fazer com que cerca de 50% das empresas hoje...

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com